06 outubro, 2010

AR

Lembras-te de me ouvires dizer que tinhas aqui uma almofada que era só tua? Tenho saudades de te dizer, em tom de segredo, que tenho saudades tuas e de abraçar a tua almofada como se fosses tu. Descarregar lá todas as saudades que tenho. Já vai fazer um ano que não te vejo. A marca que um dia deixaste num banco está a desaparecer, com ela a apagar-se não quero que mais nada se apague. Eu sei que não é um banco qualquer. Ao fim de contas, foi onde te vi pela primeira vez... Conhecemo-nos como se tivéssemos crescido juntos. Já lutámos contra a distância e contra o tempo e agora? Parece que as forças se estão a esgotar mas continuas pertinho do meu coração.
Eu adoro-te. E hoje vou dormir abraçada à tua almofada, como já não fazia há muito tempo... "Serás sempre aquela pessoa que nunca vou esquecer"... e como alguém disse :" eu tenho o meu espaço e tu estás nele"

2 comentários:

● BlackDreams disse...

sim, tinha, ja estou a reconhecer a tua cara tambem :b

Meio Cheio disse...

E guarda-o bem...nesse espaço, nessa almofada, nessa memória...em ti =)

Bom fim de semana