03 outubro, 2010

Renascer



Hoje voltei a nascer e isso obrigou-me a sair, a ultrapassar uma barreira e a abrir os olhos.
(...) Já tive medo de aranhas e medo do escuro. Com o tempo ganhei até medo das saudades, medo de sonhar e medo de escrever. Sim, eu sei, sou uma medricas. Estou cansada de incertezas e farta de ter medo, de não acreditar em mim. A partir de hoje muita coisa muda. Sinto que o medo não me deixa crescer. Cresceu dentro de mim uma força única para enfrentar tudo o que seja necessário. Cheguei a uma conclusão: estou pronta para mais um ano.
Não há nada como a chegada do outono mas não são só as folhas que mudam. Há algo no ar que faz revelar as verdadeiras cores das pessoas.

7 comentários:

● BlackDreams disse...

obrigada :) sou de braga e tu ? *

Andrea Soares disse...

Não, não me lembro :o
Que música ? muito obrigada *

tua pequena disse...

ainda bem que voltas-te minha linda! realmente ja nao vinha aqui ha muito! continua, sorrindo.

Marie disse...

Bem dito. ;D
Não tenhas medo vive a vida querida ^^,

Paula disse...

E como eu gosto do outono, da praia vazia das noitadas a ver filmes e a comer pipocas. Da chuva *.*

Andrea Soares disse...

A que tenho agora ?
Desculpa. Ando na esas e tu ?

ANA disse...

outono novo começo, na altura pensei o mesmo :)
adorei